Cuidados de Noite para a pele

 In Rigorosos a cuidar

Artigo escrito por Silvia Capafons

cuidados de noite para a pele

Quando temos 20 anos podemos ter uma má noite de sono e acordar com um rosto radiante, sem maior esforço do que o de limpar a pele, lavar com água fria e aplicar um redutor de olheiras. Aos 30 isso já não acontece. O motivo é simples: a noite é o momento favorito da pele para se regenerar e, se a privarmos do sono necessário (entre 8 a 9 horas), estamos a privá-la dessa oportunidade.

À medida que envelhecemos é necessário que nos dediquemos mais à nossa pele, porque a “máquina” começa a desacelerar. Um estudo da Academia Americana de Ciências confirma que descansar no máximo 6 horas numa semana altera nada menos que cerca de 700 genes.

Claro que nem sempre é possível cumprir objetivos: trabalho, filhos, casa, jantar… É por isso essencial escolher os melhores cosméticos para os cuidados à noite para se levantar com bom ar e, é claro, complementar com o cuidado de dia mais eficaz.

Falemos sobre o que acontece à pele durante a noite (depois de um dia inteiro a combater as agressões ambientais) e como usar os principais ativos para ter uma boa aparência.

O que acontece à pele durante o dia?

A menos que viva numa bolha, a sua pele recebe uma boa dose de poluição, radiação solar e stress: eu estou bem abastecida dos três. Tudo isto gera radicais livres e as células da pele defendem-se como podem, para tentar evitar a oxidação.

Quais os ativos de que a pele precisa durante o dia?

A resposta é simples: antioxidantes. Os reis são a vitamina C e a vitamina E, perfeitos para combater as agressões ambientais que insistem em adicionar à pele manchas, rugas e deixá-la mais sensível, seca e sem luminosidade. Aplique estes ativos numa pele bem limpa (válido para a pré-aplicação de qualquer cosmético), e depois coloque protetor solar com um fator elevado, que também atue como escudo contra a radiação UV.

O que faz a pele enquanto dorme?

À noite a pele ativa naturalmente a sua função de reparação e esta fica mais receptiva do que nunca. Além disso, há algumas horas em que a regeneração trabalha ao máximo e “expreme” os princípios ativos: as horas de ouro, entre as 23h e as 2h. O que acontece quando dormimos pouco? Reduz a síntese de proteínas, diminuindo a regeneração celular.

aplicacao-cuidado-pele-noite

Quais são os melhores cosméticos noturnos?

Até recentemente, os cremes noturnos limitavam-se a nutrir. Mas a pele precisa de muito mais do que isso, porque, como dissemos, tem de recuperar do ataque ambiental e, para além disso, cada pele é um mundo em termos de necessidades; tudo bem, nem todos os tipos de pele pedem lípidos extra.

Assim, o boom dos Sleeping Cream chegou há alguns anos, não apenas em creme, mas também em gel, um hidratante ligeiro, ou em máscara. Para além dos Sleeping Creams, surgiram também os soros nocturnos, ficando claro que cuidar da pele à noite não é uma questão de texturas pesadas, mas de ingredientes adequados.

Se nos centrarmos na função de um creme noturno, posso dizer que é para complementar a regeneração que aquelas fantásticas (e às vezes inatingíveis) 8 horas de sono dão. E a pele precisa de um bom complexo antienvelhecimento com proaminoácidos, ativos hidratantes como Ácido Hialurónico, fatores de crescimento, antioxidantes e retinol, o rei antienvelhecimento capaz de renovar a pele, alisar as rugas, controlar as manchas e induzir a síntese de colagénio e elastina.

Custa-me dormir mais de 7 horas, por isso não vivo sem um bom creme, capaz de reparar a derme a um nível celular, estimular a síntese de colagénio para combater a perda de firmeza e redensificar e hidratar a fundo. Comecei a usar Neostrata Skin Active Dermal Replenishment que tem tudo o que é necessário: aminoácidos hidratantes, moléculas que reduzem as rugas e redensificam a pele, e antioxidantes que combatem os radicais livres.

pele-bem-estar

Ah! Não nos esqueçamos do pescoço e do decote, que estão quase tão expostos quanto o rosto e que, se não cuidarmos bem deles, se tornam autênticos delatores dizendo a todos a nossa idade. Estes locais, em que a pele é mais fina, precisam de produtos específicos que estimulem o colagénio, para além dos antioxidantes que combatem os poluentes e ajudam a esbater as manchas que ocorrem por causa do sol. O meu produto preferido neste caso é o Neostrata Skin Active Pescoço. Inclui a minha querida vitamina E, pró-aminoácidos e moléculas que ativam a elasticidade. Aplico desde o decote ao pescoço, em movimentos ascendentes e do centro para fora.

Qual a sua rotina noturna?

antienvelhecimento