Cuidados com a pele do rosto

 In Rigorosos a cuidar

Se há parte do corpo onde a pele é delicada e frágil, é a do nosso rosto, estando constantemente exposto a agentes externos que contribuem para a sua deterioração, como o frio, o vento, o sol, a poluição, o tabaco…

Há cuidados essenciais para ajudar a pele a manter-se em perfeitas condições.

A pele do rosto  é particularmente sensível, especialmente em zonas como os lábios ou o contorno dos olhos, onde é frágil e muitíssimo fina – até cinco vezes mais fina do que no resto do rosto – para além de ter menos colagénio e elastina.

O primeiro passo é sabermos identificar o nosso tipo de pele. Há diferentes tipos com diferentes características:

– Pele normal: é o tipo de pele ideal, que todos desejaríamos ter. Bem hidratada, equilibrada e sobretudo em boas condições como barreira protetora.

– Pele sensível: reage intensamente e danifica-se com facilidade pela ação de fatores externos e alergénios, já que a sua função protetora se encontra debilitada.

– Pele oleosa: caracteriza-se pelo excesso de sebo produzido pelas glândulas  sebáceas, favorecendo o aparecimento de pústulas e borbulhas.

– Pele seca: com um aspeto apagado e sem vida, este tipo de pele carece de hidratação e tem tendência para formar rugas.

– Pele mista: uma das mais complicadas de tratar, já que apresenta dois tipos: seca e oleosa. Levemente oleosa na zona T (testa, nariz e queixo) e mais seca nas maçãs do rosto.

Só depois de conhecermos o nosso tipo de pele, poderemos escolher corretamente os produtos e o tratamento mais indicado.

É fácil concluir que não é a mesma coisa cuidar de uma pele seca ou de uma pele oleosa ou mista. Mas qualquer que seja o tipo de pele, há uma série de regras básicas e imprescindíveis que nunca devemos esquecer se queremos ter uma pele radiosa durante todo o ano.

Limpeza: é a base para manter uma pele saudável e mais receptiva aos tratamentos posteriores. Obrigatório limpar a pele da cara pelo menos duas vezes por dia: de manhã e à noite.

Hidratação: a pele tem o seu próprio mecanismo de hidratação natural que a protege de agressões externas, mas não é suficiente, e por isso devemos proporcionar-lhe uma ajuda extra. Um creme hidratante que se adapte às nossas características e evite a pele seca e as rugas. Devemos aplicá-lo após a limpeza.

Não nos podemos esquecer que é igualmente muito importante hidratarmo-nos por dentro. Por isso recomendamos beber pelo menos 2 litros de água por dia, contribuindo para uma pele menos seca e mais oxigenada.

• Proteção: Utilize sempre um protetor solar, tanto no verão como no inverno. Embora a radiação UVB, responsável pelas queimaduras solares, seja mais intensa no verão, a radiação UVA está presente 365 dias por ano e tem efeitos a longo prazo. Entre eles, o envelhecimento prematuro, as alergias solares e até o temido cancro de pele.

• Nutrição: Uma alimentação saudável e rica em ácidos gordos essenciais como o Ómega 3, presente no peixe azul e nos vegetais de folha verde, assim como a toma de nutrientes com funções antioxidantes como as vitaminas A, C e E, favorecem a regeneração celular e a produção de colagénio.

Para terminar, é essencial  dormirmos entre 6 e 8 horas e, para melhorar a nossa circulação, praticarmos exercício físico pelo menos 3 vezes por semana.

Com a nossa vida atarefada, é certo que nem sempre temos tempo para cumprir todas estas regras de beleza e de bem-estar, mas é importante dedicar à nossa pele pelo menos alguns minutos por dia.  Ela bem merece!  Ter bons hábitos é fundamental para conseguir bons resultados.