Como reforçar o sistema imunitário?

 In Rigorosos a cuidar

Como reforçar o sistema imunitário?

O sistema imunitário desempenha um papel fundamental na prevenção de possíveis doenças. Se a resposta imunitária for eficiente, o organismo estará protegido. No entanto, quando há um desequilíbrio, diminui a sua capacidade de detetar e eliminar a tempo os agentes patogénicos, podendo surgir infeções.

imagem1

Como reforçar o sistema imunitário

Há vários fatores que podem alterar o normal funcionamento do sistema imunitário. Entre eles, determinadas contaminações, a acumulação de toxinas devido ao consumo de tabaco e álcool, o stress, uma dieta inadequada ou a falta de sono.

Assim, é importante reforçar as defesas para se manter saudável. Estes são alguns hábitos que poderá seguir:

Alimentação Saudável

Uma dieta variada que proporcione ao corpo todos os nutrientes que necessita (hidratos de carbono, proteínas, minerais, vitaminas, etc.) garante um melhor equilíbrio do organismo. Entre os aliados mais eficazes do sistema imunitário encontram-se:

  • Vitamina A: contribui para a manutenção das defesas contra infeções. Encontra-se em alimentos como os ovos, lacticínios e fígado.
  • Vitamina D: contribui para o normal funcionamento do sistema imunitário. Pode ser encontrado em alimentos como os ovos, carne de vaca, fígado, manteiga, peixe e muesli.
  • Vitamina E: estimula o sistema imunitário e previne a oxidação da vitamina A no intestino. Os frutos secos, o abacate e as hortaliças de folha verde como os espinafres são algumas fontes desta vitamina.
  • Ferro: é fundamental para o desenvolvimento e funcionamento do sistema imunitário. A sua carência pode afetar notavelmente a resposta do organismo perante os agentes infeciosos. Entre os alimentos ricos em ferro estão a carne, o peixe, o marisco, as verduras de folha verde e as leguminosas.
  • Selénio: é um mineral essencial para a saúde imunitária, que se encontra na carne vermelha, nos ovos, nos cereais integrais e nos mariscos, entre outros.
  • Zinco: contribui para o normal funcionamento do sistema imunitário. Pode ser encontrado em alimentos como os crustáceos, cereais, frutos secos, fígado, rins e verduras de folha verde.

Quando existe um desequilíbrio do sistema imunitário, diminui a sua capacidade de detetar e eliminar a tempo os agentes patogénicos.

Manter-se em forma

A prática de exercício é uma das formas mais efetivas de estimular o sistema imunitário. O desporto faz com que os anticorpos e os glóbulos brancos circulem a maior velocidade, pelo que podem detetar qualquer alteração mais rapidamente. Atividades físicas moderadas como a natação, andar de bicicleta ou correr são muito benéficas. A chave está em adaptar estes desportos às necessidades de cada pessoa e praticá-los com frequência.

imagem2

Dormir bem

Durante o sono o sistema imunitário regenera e fortalece, reforçando as funções necessárias para manter o seu equilíbrio. Problemas no sono podem afetar a produção de anticorpos, o que debilita as defesas do organismo.

Para conseguir disfrutar de um sono reparador convém ter em conta estes conselhos:

  • Evitar o consumo de bebidas com cafeína e álcool à noite.
  • Realizar jantares ligeiros e cedo.
  • Manter um horário estável de acordar e deitar.
  • Pernoitar num quarto bem ventilado, escuro e com uma temperatura agradável.
  • Realizar uma rotina relaxante antes de dormir: ler, ouvir música suave…
  • Evitar os ecrãs (televisão, telemóvel) pelo menos uma hora antes de ir dormir.

Um estilo de vida saudável é importante para manter a integridade do sistema imunitário e prevenir possíveis doenças.

Vacinação

As vacinas são muito efetivas no momento de prevenir doenças, uma vez que ajudam a desenvolver uma resposta imunitária, sem desenvolver a patologia. Quando o organismo recebe uma vacina, a resposta imunitária é ativada. Desta forma, o organismo consegue reconhecer e combater um agente patogénico aquando de uma invasão.

Reduzir o stress

O stress tem um papel negativo no sistema imunitário, uma vez que pode reduzir a sua capacidade para combater os agentes patogénicos ao diminuir a produção de linfócitos. Como consequência, o indivíduo pode desenvolver uma maior propensão a infeções. Por este motivo, saber relaxar com técnicas e práticas como meditação, yoga ou Pilates pode ajudar a baixar os níveis de stress com consequências positivas para a saúde.

Uma ajuda extra

Recomenda-se a combinação de um estilo de vida saudável (exercício físico regular, uma dieta equilibrada e saudável e um descanso noturno adequado) com a toma de INMUNOFERON, com AM3® Technology, e ingredientes como o Zinco e a vitamina D, que contribuem para o normal funcionamento do sistema imunitário.